Estudantes da rede estadual são aprovados em universidades públicas pelo SISU

 Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é considerado um passaporte para os estudantes que almejam ingressar no ensino superior. Tirar uma boa pontuação na redação do ENEM, que é uma das provas de maior peso, além da nota geral, pode levar o candidato a conseguir a tão sonhada vaga em uma universidade pública. Este é o caso do estudante Gabriel Souza Medrado Nunes, 18, que foi aprovado em Medicina, na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), através do Sistema de Seleção Unificada (SISU), cujo resultado foi divulgado na noite desta terça-feira (28).

Para Gabriel, que acabou de concluir o Ensino Médio, no Colégio Estadual Raphael Serravalle, em Salvador, e tirou 980 pontos na redação do ENEM, o sonho de se tornar médico agora já está prestes a se tornar realidade. “Estou muito feliz com este resultado, pois é algo que eu queria muito e nem parece que é real. Meus familiares não param de chorar e todo mundo está me parabenizando. Vou hoje mesmo na UNEB levar os meus documentos e, agora, já estou na expectativa de começar a estudar”, disse animado o estudante morador do bairro de Fazenda Coutos, no subúrbio ferroviário, que diariamente demorava mais de uma hora para chegar no colégio localizado no bairro na Pituba.

Quem também foi aprovado em Medicina foi Fabrício Costa da Silva, 17, que concluiu o 3º ano no Colégio Estadual Antônio Batista, situado no município de Candiba. Ele foi aprovado na Universidade Federal da Bahia (UFBA), no campus de Vitória da Conquista. Ele obteve 980 pontos na redação do ENEM. A unidade é referência na região por ofertar Educação em Tempo Integral.

Renan Queiroz, 18, concluinte do curso técnico em Administração, do Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Jacuípe III (CETEP), localizado em Capim Grosso, foi aprovado em Letras, na Universidade de São Paulo (USP). “Estou muito feliz com esta aprovação por meio do SISU, pois agora vou poder estudar em uma grande universidade pública e seguir na carreira acadêmica, pois pretendo fazer mestrado e doutorado. Desejo a todos os estudantes que não desistam e continuem estudando, porque todos os nossos sonhos podem sim se tornar realidade, se assim nós quisermos e nos esforçarmos”, comemorou o estudante, que tirou 960 pontos na redação do ENEM.

Os estudantes Vanilson Pacheco, 17, e Luan Cerqueira, 17, ambos do Colégio Estadual Polivalente de Itambé, localizado no município de Itambé, foram aprovados, respectivamente, em Administração e em Direito, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). A estudante Natália Cerqueira, 19, do Colégio Estadual José Antônio de Almeida, localizado em Santanópolis, foi aprovada em Geografia na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

Os estudantes do Colégio Estadual Coronel Horácio de Matos, localizado na cidade de Piatã, também foram aprovados. Eloíse Almeida, em Pedagogia, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB); Ricardo Oliveira, em História, na UFBA e Erica Lúcia, em Nutrição, também na UFBA.

No Colégio Estadual Eurides Santana, localizado em Poções, vários estudantes também foram aprovados. Pedro Nascimento, foi aprovado em Direito na UESB, além de Farmácia e Medicina Veterinária, na UFBA. Maria Luíza Lima, foi aprovada em Agronomia, na UESB; Roberta Luz, em Biotecnologia, na UFBA; Tayrone Santos, em História e Administração, na UESB; Iv Sue Teixeira, em Arquitetura e Urbanismo, na Universidade Federal de Viçosa (UFV); Gustavo Santos, em Física, na UESB; Paula Dias, em Geografia, na UESB; e Gabriela Palmeira, em Ciências Biológicas, na UFBA.Quem também obteve uma boa nota na redação foi Luiz Henrique Andrade, 18, 3º ano, do Colégio Estadual Pedro Calmon, localizado no município de Amargosa, que tirou 940 pontos na redação.
Fotos: Divulgação